Guia Scrum

Nova versão do Guia Scrum (novembro/2017): saiba o que mudou

Em Geral, Gestão, Gestão Ágil, Notícias por Jonathan Maia

Sim, Ken Schwaber e Jeff Sutherland (criadores do Scrum) divulgaram hoje (07/11/17) em um webinar a nova revisão do Guia Scrum (novembro de 2017).

Você pode acessar a nova revisão das seguintes formas:

A penúltima revisão é a de julho de 2016 (adicionou os valores do Scrum: comprometimento, coragem, foco, abertura e respeito). A antepenúltima revisão foi a de Julho de 2013.

Como o Guia Scrum é liberado sob a licença Attribution Share-Alike da Creative Commons e este artigo utiliza trechos do Guia Scrum, ele também é liberado sob a mesma licença!

Diferenças entre as revisões de 2016 e 2017 – Em inglês

Segue uma transcrição da página de histórico de revisões do Guia Scrum com as diferenças (em inglês) entre a revisão de 2016 e 2017. As diferenças no Guia Scrum em Português estão logo abaixo.

Curso Introdução à produção de Games
  1. Added section on the Uses of Scrum:
    Scrum was initially developed for managing and developing products. Starting in the early 1990s, Scrum has been used extensively, worldwide, to:
    1. Research and identify viable markets, technologies, and product capabilities;
    2. Develop products and enhancements;
    3. Release products and enhancements, as frequently as many times per day;
    4. Develop and sustain Cloud (online, secure, on-demand) and other operational environments for product use; and,
    5. Sustain and renew products.

    Scrum has been used to develop software, hardware, embedded software, networks of interacting function, autonomous vehicles, schools, government, marketing, managing the
    operation of organizations and almost everything we use in our daily lives, as individuals and societies.

    As technology, market, and environmental complexities and their interactions have rapidly increased, Scrum’s utility in dealing with complexity is proven daily. Scrum proved especially effective in iterative and incremental knowledge transfer. Scrum is now widely used for products, services, and the management of the parent organization. The essence of Scrum is a small team of people. The individual team is highly flexible and adaptive. These strengths continue operating in single, several, many, and networks of teams that develop, release, operate and sustain the work and work products of thousands of people. They collaborate and interoperate through sophisticated development architectures and target release environments.

    When the words “develop” and “development” are used in the Scrum Guide, they refer to complex work, such as those types identified above.

  2. Changed wording in The Scrum Master section to provide better clarity to the role. The text now reads:
    The Scrum Master is responsible for promoting and supporting Scrum as defined in the Scrum Guide. Scrum Masters do this by helping everyone understand Scrum theory, practices, rules, and values.The Scrum Master is a servant-leader for the Scrum Team. The Scrum Master helps those outside the Scrum Team understand which of their interactions with the Scrum Team are
    helpful and which aren’t. The Scrum Master helps everyone change these interactions to maximize the value created by the Scrum Team.
  3. Added to the section Scrum Master Service to the Product Owner
    Ensuring that goals, scope, and product domain are understood by everyone on the Scrum Team as well as possible.
  4. Updated the first paragraph of the Daily Scrum section to read:
    The Daily Scrum is a 15-minute time-boxed event for the Development Team. The Daily Scrum is held every day of the Sprint. At it, the Development Team plans work for the next
    24 hours. This optimizes team collaboration and performance by inspecting the work since the last Daily Scrum and forecasting upcoming Sprint work. The Daily Scrum is held at the
    same time and place each day to reduce complexity.
  5. Updated the Daily Scrum section to provide clarity on the goals of the Daily Scrum including this text:
    The structure of the meeting is set by the Development Team and can be conducted in different ways if it focuses on progress toward the Sprint Goal. Some Development Teams
    will use questions, some will be more discussion based. Here is an example of what might be used:
    • What did I do yesterday that helped the Development Team meet the Sprint Goal?
    • What will I do today to help the Development Team meet the Sprint Goal?
    • Do I see any impediment that prevents me or the Development Team from meeting the Sprint Goal?
  6. Added clarity around time-boxes
    Using the words “at most” to remove any questions that the time-box for Events means maximum length, but could be shorter.
  7. Added to the Sprint Backlog section:
    To ensure continuous improvement, it includes at least one high priority way in which the team works, identified in the previous Retrospective meeting.
  8. Added clarity to the Increment section: 
    An increment is a body of inspectable, “Done”” work that supports empiricism at the end of the Sprint. The increment is a step toward a vision or goal.
Diferenças entre as revisões de 2016 e 2017 – Em português

A tradução para português foi realizada pelo Fábio Cruz e pelo Eduardo Rodrigues Sucena.

Mês passado fiz o Imersão Ágil com o Fábio Cruz e com o Vitor Massari aqui em Fortaleza: treinamento recomendadíssimo!

Você também pode encontrar as diferenças a seguir no final do Guia Scrum em Português:

  1. Incluído na seção de Usos do Scrum:
    O Scrum foi inicialmente desenvolvido para gerenciar e desenvolver produtos. Iniciando no começo dos anos 90, o Scrum tem sido usado extensivamente, mundialmente, para:
    1. Pesquisar e Identificar mercados viáveis, tecnologias e funcionalidades de produtos;
    2. Desenvolver produtos e melhorias;
    3. Liberar produtos e melhorias frequentes, chegando a várias vezes por dia;
    4. Desenvolver e sustentar a Nuvem (online, segura, sob demanda) e outros ambientes operacionais para uso de produtos; e,
    5. Sustentar e renovar produtos.Scrum tem sido usado para desenvolver software, hardware, software embarcado, redes de funções interativas, veículos autônomos, escolas, governo, marketing, gerenciar a operação da organização e quase tudo que usamos em nosso dia-dia nas nossas vidas, como indivíduos e sociedades.Como tecnologia, mercado, complexidades ambientais e suas interações tem aumentado rapidamente, a utilidade do Scrum em lidar com a complexidade é provada diariamente.Scrum demonstra efetividade especialmente na transferência de conhecimento iterativo e incremental. Scrum é agora amplamente usado para produtos, serviços e no gerenciamento da própria empresa.

    A essência do Scrum é um pequeno time de pessoas. O time individual é altamente flexível e adaptativo. Essas forças continuam operando em únicos, muitos, vários, e em redes de times que desenvolvem, liberam, operam e sustentam o trabalho e trabalham produtos de milhares de pessoas. Eles colaboram e interoperam através de arquiteturas sofisticadas de desenvolvimento e ambientes de liberação como objetivo.

    Quando as palavras “desenvolver” e “desenvolvimento” são usadas no Guia Scrum, elas se referem a trabalho complexo, tais como os tipos identificados acima.

  2.  Alteração da redação na seção O Scrum Master para fornecer melhor clareza do papel. O texto agora compreende:
    O Scrum Master é responsável por promover e suportar o Scrum como definido no Guia Scrum. O Scrum Master faz isso ajudando todos a entenderem a teoria, as práticas, as regras e os valores do Scrum.O Scrum Master é um servo-líder para o Time Scrum. O Scrum Master ajuda aqueles que estão fora do Time Scrum a entender quais as suas interações com o Time Scrum são úteis e quais não são.
  3. Incluído na seção O Scrum Master trabalhando para o Product Owner:
    Garantindo que objetivos, escopo e domínio do produto sejam entendidos o melhor possível por todos do Time Scrum
  4. Atualizado o primeiro parágrafo da seção Reunião Diária para ler:
    A Reunião Diária do Scrum é um evento time-boxed de 15 minutos para o Time de Desenvolvimento. A Reunião Diária é realizada em todos os dias da Sprint. Nela o Time de Desenvolvimento planeja o trabalho para as próximas 24 horas. Isso otimiza a colaboração e a performance do time através da inspeção do trabalho desde a última Reunião Diária, e da previsão do próximo trabalho da Sprint. A Reunião Diária é mantida no mesmo horário e local todo dia para reduzir a complexidade
  5. Atualizada a seção Reunião Diária para fornecer clareza sobre os objetivos da Reunião de Diária incluindo este texto:
    A estrutura da reunião é definida pelo Time de Desenvolvimento e pode ser conduzida de diferentes formas desde que estas foquem no progresso em direção à Meta da Sprint. Alguns Times de Desenvolvimento utilizarão perguntas, outros se basearão em discussões. Aqui segue um exemplo do que pode ser utilizado:
    • O que eu fiz ontem que ajudou o Time de Desenvolvimento a atingir a meta da Sprint?
    • O que eu farei hoje para ajudar o Time de Desenvolvimento atingir a meta da Sprint?
    • Eu vejo algum obstáculo que impeça a mim ou o Time de Desenvolvimento no atingimento da meta da Sprint?
  6. Incluído clareza em torno do Time Boxes
    Uso das palavras ”no máximo” para remover quaisquer questionamento sobre os eventos terem uma duração específica certa, e reforçando ao invés disso, que estes são os tempos máximos permitidos.
  7. Incluído na seção Backlog da Sprint:
    Para garantir melhoria contínua, é incluído no mínimo um item de prioridade alta sobre melhoria do processo identificado na última Reunião de Retrospectiva.
  8. Incluído clareza na seção Incremento:
    Um incremento é uma parte principal inspecionável de trabalho pronto que suporta empirismo no final da sprint. O incremento é um passo na direção de uma visão ou de um objetivo.
Conclusão e mais sobre Gestão Ágil e Scrum

E aí, o que você achou sobre as mudanças ? Coloca aqui nos comentários.

Quer conhecer mais sobre Agile e Scrum? Acesse essas postagens do Blog Eu na TI ou informe seu e-mail logo abaixo para receber um material completo sobre Scrum e Agile.

Material completo sobre Scrum
Receba por e-mail um material completo (GRATUITO) sobre Scrum.

Assine nosso Blog por e-mail e curta nossas páginas nas redes sociais para acompanhar novas postagens.

Sabia que você também pode escrever para o Blog Eu na TI?

Em breve, mais conteúdos de qualidade para você aqui no Blog Eu na TI, o seu Blog sobre Tecnologia da Informação.

Um forte abraço e até mais.

Olá, sou Jonathan Maia, marido, pai, apaixonado por tecnologia, gestão e produtividade. Atuo na gestão e desenvolvimento de sistemas de informação como analista de TI do TRT Ceará (servidor público federal).

Possuo as certificações em gerenciamento de projetos Project Management Professional (PMP) e Professional Scrum Master I (PSM I), além de especialização em gerenciamento de projetos de TI (2011) e bacharelado em ciências da computação pela UFC (2008). Também sou desenvolvedor Full Stack e possuo experiência em diversas arquiteturas / plataformas.

Fui aprovado e nomeado nos concursos públicos do TJ-CE, Dataprev, Serpro e TRT Ceará, assumindo nos três últimos. Já tive experiências profissionais em redes metropolitanas de alta velocidade (GigaFOR/RNP), business intelligence, desenvolvimento de sistemas e gestão de projetos (tradicionais e ágeis).

Como adepto da gestão ágil, desenvolvi o Organizador Ágil, um método ágil, simples e leve que auxilia no aumento da produtividade e organização pessoal, familiar ou profissional. Também mantenho o Blog Eu na TI.

Deixe uma resposta