escola-brasileira-de-games-flappy bird

3 motivos pelos quais Flappy Bird rendeu muito dinheiro para o criador

Em Game Dev por André Avelino

Flappy Bird é um game viciante que se tornou um grande sucesso e enriqueceu o seu criador, Dong Nguyen, que faturou cerca de US$ 50.000 por dia enquanto o jogo esteve disponível

Esta pequena história sobre o Flappy Bird é um exemplo de como a ideia certa pode render uma boa fortuna.

No início de 2014, um pequeno jogo para smartphones chamado Flappy Bird fez grande sucesso. Nele, você controla um pequeno pássaro que deve voar através de uma série de tubos em diferentes alturas.

Basicamente, um ‘jogo de plataforma’, mas no ar. O objetivo é voar a maior distância possível sem bater nos tubos. Um conceito bem simples, encapsulado em uma estrutura extremamente viciante e por vezes até frustrante.

E o que há de tão especial em Flappy Bird?

O jogo tornou-se popular rapidamente. Tão rápido que teria registrado 10.000 a 20.0000 euros em receitas de publicidade em um dia. Um pequeno banner na parte superior do display gerava essa renda através de visualizações e cliques.

Mas algo inesperado aconteceu: o criador removeu o jogo das lojas de aplicativos, o que frustrou muita gente que ouviu falar do game mas ainda não tinha jogado. Logo em seguida, diversas pessoas estavam vendendo seus smartphones no Ebay por valores altíssimos, somente pelo fato de que tinham o Flappy Bird instalado.

Curso Gestão ágil pessoal e profissional

O fato mostra como as pessoas podem atribuir valor às coisas de acordo com a demanda. Algumas pessoas dizem que seria injusto fazer tanto dinheiro a partir de um jogo tão simples, mas seria mesmo? As pessoas querem coisas que são consideradas raras, importantes ou socialmente aceitas. Quando algo reúne essas 3 qualidades, torna-se um produto/serviço de valor elevado.

Por que Flappy Bird rendeu tanto dinheiro?

1. É um jogo viciante
Quando um jogo é muito viciante, uma vez que você começar a jogar, vai querer jogar mais e mais.

Várias comunidades online e páginas do Facebook expressavam raiva ou irritação com o jogo. Isto apenas serviu para impulsionar a popularidade e o jogo rapidamente viralizou nas redes sociais.

Memes foram feitos sobre Flappy Bird, todos os tipos de sites começaram a escrever artigos sobre o game e a manter as pessoas atualizadas sobre os leilões do Ebay. Em poucos dias o jogo tornou-se tão popular que havia dezenas de jogos semelhantes lançados em uma tentativa de aproveitar a popularidade da versão original.

Jogos viciantes têm 2 efeitos: as pessoas vão jogar continuamente (o que rende publicidade in-app contínua) e vão falar sobre o game para outras pessoas (amplificando o efeito viral).

2. Uma vez que as pessoas estão jogando, os anúncios fazem o trabalho
O criador não precisa fazer muito mais, ele é pago pelas impressões e cliques em anúncios in app. O pequeno anúncio no topo do jogo supostamente rendeu dezenas de milhares de euros por dia. Muitos se perguntam porque o jogo saiu do ar, mas nada foi confirmado até hoje.

3. As pessoas querem o que não podem ter
Se você contar a alguém sobre um jogo que é realmente viciante e divertido de jogar e logo em seguida disser que não poderá experimentá-lo porque ele foi removido, isso vai gerar um interesse repentino. É a curiosidade e a psicologia em jogos: as pessoas querem experimentar este novo jogo sobre o qual todo mundo está falando.

Então, quais são as lições a serem aprendidas com Flappy Bird?

Se você tem uma boa ideia e supõe que as pessoas vão compartilhar ou se envolver emocionalmente, você pode fazer uma boa soma de dinheiro com isso.

Siga os passos abaixo para gerar um efeito viral:

  • Provoque as pessoas: se as pessoas são provocadas elas vão falar sobre isso e compartilharão com mais facilidade;
  • Motive as pessoas: Se você motivar as pessoas, elas vão compartilhar essa motivação, geralmente com seus amigos;
  • Inspire as pessoas: Uma mensagem muito inspiradora, como um vídeo ou uma música, pode ser compartilhada muitas vezes;
  • Emocione as pessoas: Você provavelmente já viu no Facebook pessoas compartilhando histórias tristes. Geralmente as pessoas compartilham com facilidade aquilo que lhes causa emoções;
  • Assuste as pessoas: Um exemplo são os artigos sobre o mosquito da dengue. Em certas épocas, os mosquitos proliferam-se, os casos da doença aumentam e as pessoas compartilham muitas informações sobre o assunto.

Flappy Bird foi tudo isso: uma mescla de irritação, provocação, desafio e entretenimento.

Um exemplo de como uma ideia simples pode percorrer um longo caminho e se tornar muito lucrativa do dia para a noite.

Coordenador Geral na Escola Brasileira de Games. Minha missão é oferecer um ponto de vista profissional e compartilhar conhecimentos sobre o ambiente de negócios do mercado de games, mobile e negócios digitais.

Deixe uma resposta